terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Oração




Não me são necessárias palavras de rebuscado padrão, tampouco grande pompa...
Não preciso ir à mesa do presidente da república para medir a minha importancia.
Meu padrão de definição não é medido por coisas humanas.

Quero ouvir aquela voz que vem de dentro da nuvem dizendo:
_ Esta é a minha filha amada, em quem Eu tenho prazer.

De que me vale saber tudo o que sei e não conseguir ouvir Sua Voz?
De que me vale ter ciência e facilidade em aprender da Sua Palavra se não posso adentrar sua mente e conhecer seus desígnios?
Lembra de quando dançamos juntos?
Lembra de quando Você me disse que um exército ao me redor ruiria porque Você estava ao meu lado?
Lembra de quando Você me disse que eu brilhava Sua Luz?
Lembra de quando Você me mostrou aquelas pedras e disse que eram promessas pra mim, cujo significado é só nosso?
Lembra Senhor das Suas promessas de salvação pra minha casa?
Lembra que o Senhor me disse que eu sou uma missionária?

PAI! Intervenha em meu favor... Lembre-se de tudo o que me disseste.. no nosso primeiro encontro...
Senhor eu reconheço que sou pecadora... e das piores dentre os homens desta terra, mas, venha em meu favor, ajuda-me a obedecer sua voz, me faz voltar no lugar em que me perdi, me trás ao centro da Sua vontade, pois é lá que quero estar.
Ouvindo a Sua voz, dentro do Seu coração...

Em Jesus, te peço, louvando Seu Santo Nome, pois Tu és meu Bem Maior!!
Amém

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Eu escolho o Som do Céu.

"Hosana!
Hosana!
Hosana nas Alturas!!!

Eu vejo um povo eleito assumindo o seu lugar
pra sua fé compartilhar
Eu vejo um avivamento quando o teu povo orar
E te buscar, E te buscar... Hosana!!!!"
Mariana Valadão - Eu escolho te louvar
Vamos bradar: HOSANA AO REI QUE VEM!
Feliz Natal! =D

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Voando



"Quando tudo diz que não

Sua voz me encoraja a prosseguir

Quando tudo diz que não

Ou parece que o mar não vai se abrir


Eu sei que não estou só

E o que dizes sobre mim

Não pode se frustrar

Venha em meu favor


E cumpra em mim teu querer

O Deus do impossível

Não desistiu de mim

Sua destra me sustenta

E me faz prevalecer"

Canção: Deus do Impossível

Banda: Toque no Altar

Esta é uma linda canção, que expressa a verdade do que sinto hoje.

Nada vejo, nada constato... aos meus olhos, não há saída, nem solução. Não preciso fingir viver o que não vivo, não preciso demonstrar poder, riqueza, fama.. mesmo porque, não tenho nada disso (risos).

Quer saber?

Só queria deitar no colo de Deus, esquecer quem sou, esquecer todas as responsabilidades, esquecer os problemas... esquecer até mesmo as premiações, os grandes feitos, os elogios...

Queria só deitar no colo de Deus e descansar, como um bebê que acaba de mamar. Sei que há este lugar no Senhor e sei que está à um passo de mim. Na verdade, à uma palavra: Papai!

Pode ser em outra língua também: Abba! Daddy! Babo! Papa!

Enfim...

Senhor, te amo! Te quero mais que tudo! Venha ao meu encontro e me faz sentir a Tua mão.

Enquanto termino de escrever estas palavras, começo a sentir a Mão do Senhor sobre mim, me dando a paz que preciso, que excede o entendimento humano e me faz repousar.

Por isso amo tanto meu Senhor, Ele é mais presente que eu posso supor.. ^^

Come in! Give me your hand... "vamos voar" !!

sábado, 13 de dezembro de 2008

Pra ver a banda passar

Talvez algumas coisas sejam incompreensíveis.
Um tom, um som, uma cor, um desejo, uma lágrima...

Não posso explicar nada disso, nem pretendo e, repensando algumas conversas com um grande e antigo amigo, posso com convicção afirmar que é possível sim perder oportunidades incríveis por imaturidade e dar-se conta disso tempos depois, quando tudo já se foi.

Como a chance de Julieta de acordar pouco antes, ou de Romeu ser menos impulsivo em sua morte... a história, provavelmente não teria este desfecho tão conhecido, de dois jovens que morreram de amores nesta vida, para, justamente isso, morrerem juntos para não se matarem de saudade e infidelizarem-se por poder amar outro alguém (o que é um tanto egoísta e infantil mas.. quem sou eu para questiorar Shakespeare??), MAS, estes jovens poderiam ter vivido algo profundamente magnífico, a dois, uma família linda... coisa que não o puderam.. mas enfim..

Apenas filosofei este tanto para explicar que: o egoísmo, a infantilidade, o amor a si mesmo, levam apenas ao enfado de uma vida sem sentido. À uma carência tão tola, o que poderia ter sido vivido não o foi por besteira... e não viveu-se por "correr atrás do vento".

Aquela letra dos Titãs é o que pensei com profundidade e vale todo o cansaço da reflexão. Faço apenas a seguinte ressalva, não acredito no "acaso" então, prefiro ler que "Deus vai me proteger enquanto eu andar distraída.."

Devia ter amado mais
Ter chorado mais
Ter visto o sol nascer
Devia ter arriscado mais
E até errado mais
Ter feito o que eu queria fazer...

Queria ter aceitado
As pessoas como elas são
Cada um sabe alegria
E a dor que traz no coração...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr
Devia ter me importado menos
Com problemas pequenos
Ter morrido de amor...

Queria ter aceitado
A vida como ela é
A cada um cabe alegrias
E a tristeza que vier...

O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar distraído
O acaso vai me proteger
Enquanto eu andar...(2x)

Devia ter complicado menos
Trabalhado menos
Ter visto o sol se pôr...

Epitáfio

Titãs

Composição: Sérgio Britto

É isso...

Viva mais! Aproveite mais! E não perca a vida por bobeira.. não fique "à toa na vida vendo a banda passar".


sábado, 29 de novembro de 2008

Um pote, dois potes, três potes... Quantos serão e de que cor???

Fui a segunda a saber hehehehehehe, na verdade a quarta pessoa....
a primeira pessoa foi Deus, que foi Quem preparou a surpresa.
a segunda, a Alê, minha tia lindona que fez o exame (hehehehe)
a terceira pessoa foi meu tio - que mais feliz não podia ter ficado com a notícia!

Assim que ele soube, meu celular tocou..
Eu estava sentando pra começar a fazer a prova, quando meu celular reconheceu "Julio - casa", saí preocupada da sala, pensei que tinha acontecido algum desastre...

_Alô? Leila???
_ Amanda!
_ Cadê a sua mãe? Preciso falar com ela!
_ To na facul, minha mãe tá sem telefone...
_ Ah meu Deus!!! tenho que dar uma notícia pra ela...
_ Jesus, o que aconteceu??
_ Eu tenho que falar com ela...
_ O que aconteceu?
_ Ah....
_ A Alê tá gravida???
_ tá!!! Eu vou ser pai...
_ ahhh não acredito!!! que lindo ( e saí pulando por aí...rs... o povo da faculdade olhando e eu pulando ...)

Bem, não sei se é menino, menina, se é um, se são 2..3.. rs...
Mas é mais um potinhooooo lindooo (a) pra minha estante!! ^^
Quanta alegria!! Amo mto estes tios.. o Julio marcou minha vida, sempre muito presente, mais que tio, um irmão mesmo!
A Alê foi uma bênção que veio para adicionar em nossas vidas! Uma mulher de Deus, segundo Seu coração, sábia e de fé!

Amo vcs meninos! ^^
Deus abençoe mais essa etapa!

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Explanações

E mais uma vez, me deparo surpresa, na verdade descubro que subestimo demais aquilo que Deus pode fazer e me "surpreendo". Ao Senhor para quem não há tempo ou espaço, o mover das águas à distância é apenas um tilintar de seus dedos. Para Quem "Criar Céus e Terra" foi apenas uma ordem para que se ajuntassem e separassem os elementos corretos, a cura da alma humana que é mais complexa do que um monte de terra, porém, Lhe trás maiores alegrias, maiores momentos de regozijo e conforto.

Meus potes cada dia que os conheço um pouco mais, descubro que a mais abençoada sou eu, por tê-los descoberto, e como diz um destes potes: "Você é uma caça-potes! Não sei como, mas consegue encontrar potes lindos... e não falo de mim.. "

Até que eu consiga sentar para explanar melhor todos estes detalhesm, guarde consigo:
A Cura da Alma humana é mais valiosa do que um pós-doutorado em Harvard e toda a fortuna de Bill Gates... juntas! Aliás, é mais valiosa ainda do que toda a sabedoria e ciência de Salomão, do que todos os bens dos Reis do mundo, do que todo o poder político que alguém possa exercer.
Uma pessoa tocada e curada é algo... Divinamente magnífico!

Atualizando 28/11/2008 9:08 da manhã:
Agora conseguirei escrever... finalmente!
Estou apaixonada!
Talvez seja uma declaração assustadora, talvez não. Mas me sinto cada dia mais apaixonada...
descobrir potes é um verdadeiro arranjo de Deus e cuidar deles, orar por eles, conversar, surpreender, chorar, abraçar, sorrir, se admirar deles e com eles, é fascinante, apaixonante!

Falarei de um pote específico, mas, não direi sua cor, para que ninguém fale "Ora, mas porque você falou desse pote aí que eu nem sei quem é ao invés de falar de mim?" (risos) Eu sei, conheço o povo (risos)

Querida,
Você tem me surpreendido, por tamanha maturidade, tamanha compreesão dos propósitos do Pai, tamanha doçura e sinceridade, me sinto feliz e honrada de tê-la como amiga e ter compartilhado os ultimos meses com você.

Ontem ainda, comentei com duas pessoas maravilhosas: Amo a cidade de Londrina, mas, as pessoas que conheci em Maringá, me fizeram ver que esta cidade vale a pena! As pessoas aqui são maravilhosas, eu tive a sorte de me deparar com seres humanos fantásticos, abençoados e surpreendentes. Descobri que a raça humana não é de toda terrível, que ainda há um remanescente de pequenos potinhos que fazer o mundo conhecer o amor do Pai.

Descobri que posso escolher a vida ou a morte, mas que não consigo ver ninguém escolher a morte e ficar omissa, descobri que amo as pessoas, que elas são fantásticas, mesmo com defeitos, mesmo com problemas, mesmo estando carentes, sós, tristes, eu amo e para amar não é preciso o outro estar 100%, se assim fosse, não seria amor, seria egoísmo e interesse próprio. Se você está ao lado do outro por mera vontade de rir, não faça amigos, more num circo!
Viva, conviva, troque informações, compartilhe, adimire, surpreenda, chore e ria, ligue, escreva, esteja presente... e você verá o quão abençoada sua vida se tornará.


domingo, 16 de novembro de 2008

A mudança de Copérnico

por Max Lucado

Culpe o Copérnico. O mundo estava muito bem até que ele veio em 1543 e anunciou que o Sol, e não a Terra, era o centro do sistema solar.

Ptolomeu convenceu o mundo do contrário e por 1400 anos acreditamos que éramos o centro de atividade. Era uma posição invejável. Os pais podiam apontar para o céu à noite, colocar os braços ao redor dos ombros de seus filhos e dizer: “Estamos bem no meio de tudo isso”.

O centro da roda planetária, o ponto central do corpo celeste, o 1600 da Avenida Pensilvânia do universo. Deixe os outros planetas orbitarem inquietamente como vagabundos através dos céus, não nós. Não senhor. Nós estávamos aqui ontem; estaremos aqui amanhã. Tão previsível como o Natal.

Não só estávamos no centro de tudo, éramos a âncora de tudo. Ptolomeu vislumbrou uma Terra imóvel. Uma rocha de estabilidade entre órbitas esquizofrênicas. Porque alguns planetas são tão tristes que eles farão uma volta de 180 graus em você de um dia para o outro. Não a Terra. Não. O Rochedo de Gibraltar não se move e a Terra não gira. Somos o centro do Universo e somos a âncora do Universo.

Então vem Nicolau. Nicolau Copérnico com seus mapas e desenhos, seu nariz ósseo e seu sotaque polonês. Ele dá um tapa em nossas costas, limpa sua garganta e diz: “Desculpa, sinto muito por dar a notícia. Mas o centro do nosso Sistema Solar está lá”. E, levantando um só dedo, aponta em direção à estrela mais brilhante: o Sol.

O anúncio não foi bem recebido. As pessoas não recebiam bem o rebaixamento naquele tempo. Ainda não recebemos. Ainda gostamos de pensar que o Universo gira ao nosso redor. E não gostamos que nos digam o contrário. Mas essa não é a mensagem da Bíblia? Deus não faz o que Copérnico fez? Dando um tapa nas costas da humanidade, Ele aponta para o Filho e diz: “Veja o centro de tudo”.

“Ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar-se à sua direita nos céus, muito acima de todo principado, e autoridade, e poder, e domínio, e de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro.” (Ef. 1: 20,21)

De um lado, essa notícia traz grande alívio. Como você não é mais o centro do Universo, não sente mais o peso do mundo em suas costas. Mas por outro lado, a transição de ter o centro em si mesmo para ter o centro em Cristo é o desafio mais difícil que temos que enfrentar. Existe um pouco do Ptolomeu em nós.

Se Cristo é o centro, tudo muda. Você não vive mais para se servir; você vive para servi-Lo. Você se esforça não para fazer a sua vontade, mas a dEle. Você não exige mais que seja do seu jeito, mas procura o jeito dEle. O seu objetivo não é o seu prazer, mas Sua honra. Você não é mais o senhor do seu território; Deus é. Sua primeira pergunta não é: “O que eu quero fazer hoje?” Mas, antes: “O que Deus está fazendo e como posso ser parte disso?”

Isso não diz respeito a mim e a você. Diz respeito a Ele.

Pense sobre as conseqüências do pensamento da Terra achatada. Você não acha que Ptolomeu teve fortes dúvidas? Se você vê a Terra como um objeto imóvel quando tem na verdade uma órbita giratória, você tem sérias dúvidas sobre ciência natural.

E, se você se vê como o centro do Universo, quando não é, você tem alguns problemas filosóficos. Isto é: morte, doença e desastre. Se o mundo gira ao seu redor, por que tudo não acontece do jeito que você quer?

Tornar-se um cristão é admitir que isso não acontece. Tornar-se um cristão significa confessar e celebrar Deus como a estrela e assumir nosso lugar como amados, mas órbitas menores no seu plano.

Ouvimos menos de: “Isso é o que eu quero!” e mais de: “O que você acha que Deus quer?” Carreira e negócios tornam-se plataformas para o nome de Deus, não o nosso. E nossos corpos. Não mais dizemos: “Bem, é o meu corpo eu posso (múltipla escolha) comer o que quiser, inalar o que quiser, dormir com quem eu quiser”. Mas compreendemos melhor que nossos corpos são emprestados por Deus. Como podemos usá-los para Sua honra?

Chame de mudança de Copérnico. De nos termos como centro para termos Deus como centro. De termos a nossa promoção para ter a promoção de Deus. A mudança não foi fácil para Copérnico. Até a igreja o afligiu por causa de sua descoberta.

A mudança não é fácil para você e para mim. Mas vale a pena descobrir o seu lugar no Universo.

Notas:

Traduzido por Cynthia Rosa de Andrade Marques Almeida
Texto original extraído do site www.maxlucado.com

Este texto, retirado do site: www.irmaos.com

domingo, 9 de novembro de 2008

Pontos...

Este é um momento de repensar as coisas.

Como se Deus estivesse direcionando tudo, cada detalhe, apesar de estar chorando agora, sei que as coisas vão melhorar depois. Sei que posso continuar a cantar, a escrever, continuar a viver e viver mais intensamente ainda.

Escolher entre "juntos" agora, "curtindo numa nice", não é e nem nunca será o "sozinhos" agora e "vivendo os sonhos de Deus amanhã".

Aprendi com uma pessoa maravilhosa, com quem tenho conversado um pouco ultimamente, (potinho lilás), que o amanhã é a melhor coisa da dor de hoje. Que os sonhos de Deus sempre, e indubitavelmente, serão melhores. Independentemente de estar triste, pensando que não é uma boa escolha, sei que é abençoado por Deus e é parte da Sua Vontade em minha vida.
Sei que a minha visão, humana e embaçada, não é a visão do Alto, por mais que eu queira compreender o propósito Dele, é incompreensível. (nem é da minha alçada né..)

Queria estar por aí, passeando, curtindo a linda noite que está lá fora... Mas, estou aqui, aprendendo mais uma vez: O melhor de Deus está por vir.

Entre o hoje - triste e deprimente.
E o amanhã - abençoado e cheio de Deus.

Escolho o Amanhã.
Uma boa noite, vou descansar e curtir a Presença Daquele que É Fiel, acima de todas as outras coisas. Papai Lindo, Senhor meu e Rei meu: Te amo!

domingo, 2 de novembro de 2008

Canção das mulheres

Mais uma vez, a voz de Lya Luft ecoou... mais uma vez, faço minhas as palavras dela.

in Pensar é Transgredir, P. 13-15


Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.

Que o outro note quando preciso de silencio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.

Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.

Que o outro sinta quanto me dói a idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco mais – em lugar de voltar logo à sua vida, indo porque lá está a sua verdade mas talvez seu medo ou sua culpa.

Que se começo a chorar sem motivo depois de um dia daqueles, o outro não desconfie logo que é culpa dele, ou que não o amo mais.

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo “Olha que estou tendo muita paciência com você!”

Que se me entusiasmo por alguma coisa o outro não a diminua, nem me chame de ingênua, nem queira fechar essa porta necessária que se abre para mim, por mais tola que lhe pareça.

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize.

Que quando levanto de madrugada e ando pela casa, o outro não venha logo atrás de mim reclamando: “Mas que chateação essa sua mania, volta pra cama!”

Que se eu peço um segundo drinque no restaurante o outro não comente logo: “Pôxa, mais um?”

Que se eu eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.

Que o outro – filho, amigo, amante, marido – não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa – uma mulher.



***Dentro em breve teremos um novo colaborador!
***E: Viva as mulheres lindas! Marias, Joanas, Catarinas, Amandas...

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Soneto da Fidelidade

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinicius de Morais

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Alegria!

Poucos minutos faltando para a meia-noite... dez minutos para ser exata. Estou aqui, feliz da vida, não tanto pela data, mas sim, por saber que tenho pessoas muito queridas, que me surpreendem com sua dedicação e amor.
São poucas as linhas, mas muito meu amor!

Obrigada, de todo meu coração!!

Amizade é papo sério.

Eu tenho a alegria de ter muitos potinhos, de ser uma colecionadora de potinhos. De ter os melhores potinhos do mundo!!!
Tem um potinho que eu não tinha falado antes, mas... agora vou dedicar este post à ela.
Uma menina super querida!!!
Ela é inteligente, contida, vive sorrindo, dançando, quando menos esperamos lá está a guria: contando piada, dançando...
Detalhe que eu rio muuuuuito com ela. Sempre pegamos ônibus p/ aulas de sábado juntas... um doce de menina!! ^^

Flor, a Bíblia diz que "Ainda que a figueira não floresça, e não haja fruto na videira, eu confiarei no Senhor, pois Ele é o meu Provedor", isso não se refere a aspectos materiais apenas, mas a muitas outras coisas.

Saiba, que você é um potinho super fashion, que eu amo!

Ahá! Segundo Cartão da Semana!!

Tá legal galera! Tudo bem que eu sou amada e "lida" (e humilde!).

Amanhã é o niver, hoje chegou um cartão da Índia, de um amigo. Que alegriaaaaa!! ^^
Thanks Allen John, you are so cool !! ^^

Já posto coisas sérias moçada. Deixe-me curtir o cartão indiano.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Notícias de última

CHEGOU O PRIMEIRO CARTÃO DE ANIVERSÃRIO DESTA SEMANA PRA MIM ^^

Tudo bem que veio por conta do meu cadastro de doadora de sangue, mas veio!! (Risos)

Pessoal do cadastro do Hemocentro de Maringá, meu muito obrigada!!

Absurdo

Essa é em homenagem a uma certa monografia... as partes grifadas em vermelho foram as que me fizeram ligar a música à sua monografia.

Absurdo

Vanessa Da Mata

Composição: Indisponível

Havia tanto pra lhe contar
A natureza
Mudava a forma o estado e o lugar
Era absurdo

Havia tanto pra lhe mostrar
Era tão belo
Mas olhe agora o estrago em que está

Tapetes fartos de folhas e flores
O chão do mundo se varre aqui
Essa idéia do natural ser sujo
Do inorgânico não se faz

Destruição é reflexo do humano
Se a ambição desumana o Ser
Essa imagem de infértil deserto
Nunca pensei que chegasse aqui

Auto-destrutivos,
Falsas vitimas nocivas?

Havia tanto pra aproveitar
Sem poderio
Tantas histórias, tantos sabores
Capins dourados

Havia tanto pra respirar
Era tão fino
Naqueles rios a gente banhava

Desmatam tudo e reclamam do tempo
Que ironia conflitante ser
Desequilíbrio que alimenta as pragas
Alterado grão, alterado pão

Sujamos rios, dependemos das águas
Tanto faz os meios violentos
Luxúria é ética do perverso vivo
Morto por dinheiro

Cores, tantas cores
Tais belezas
Foram-se
Versos e estrelas
Tantas fadas que eu não vi

Falsos bens, progresso?
Com a mãe, ingratidão
Deram o galinheiro
Pra raposa vigiar

Potinho versão "amostra grátis"

"ha ha ha", "ha ha ha"...
Ouça a gargalhada gostosa que vem do outro cômodo, sinta sua pureza, ele sempre virá a fim de correr pela casa, de pular em seu colo, de falar em dialeto, que ganhar o seu sorriso e invadir seu coração. Bebês têm esse dom!

Aquele corpinho de 70 centímetros que corre pela casa falando "lido" em vez de "lindo", "guá" em lugar de água, que pula com toda a força no seu colo e fala "gula" pedindo que o segure. Que apronta, que brinca, que cuida de você mesmo sem poder. Cuida, pois chora quando você sai de casa, procura por você, aparece com dois olhinhos lindos, brilhantes, na porta da frente da casa berrando seu nome (em dialeto, pois é difícil pronunciar nomes corretamente, no meu caso, ouço um "badah" -risos- em lugar de Amanda).

Sou apaixonada por bebês, ainda mais por bebês que berram o meu nome quando chego em casa. (risos)
Antes que me questionem, não, não tenho filhos! É meu irmãozinho, meu potinho versão "amostra grátis" (risos).

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Aprendendo

Algumas coisas insistem em não acontecer, vou me preocupar? Vou arrancar todos os fios de cabelos da minha cabeça?
Qual é a causa de algumas coisas não acontecerem? Você quer perguntar? Está transtornado?
Não fique!

Olhe para as coisas boas da vida. Eu por exemplo vejo a vida por meio dos Olhos do Pai, sou uma caçadora de "potinhos", não importa saber a identidade de cada pote, importa que cada um deles saibam.. (risos)

Ter tato é um dom: "Aquele que for convidado do rei para um jantar, sente-se no último lugar, para que, vindo o rei lhe dê a honra necessária" (Provérbios de Salomão)

O fato de estarmos aqui, hoje, vivos é uma bênção, na verdade é parte do que chamamos de graça divina, de misericórdia, de favor imerecido. Meus potinhos são preciosíssimos e o tempo que passo com cada um deles, seja virtualmente, seja pessoalmente... é sempre uma dádiva.

Agradeço ao Senhor, Soberano Deus e Santo Pai, que todos os dias me agracia com a presença de potinhos lindos! (Ou "lidos" como um docinho sempre diz. - risos) Se hoje eu cair, sei que Ele está a me ensinar algo, está a moldar meu caráter, Seu anseio é sempre o melhor.

Estou aprendendo muito nos ultimos dias, tudo tem sido intenso e maravilhoso! Minha família, meus potinhos e é claro meu querido. Ontem refleti sobre a beleza de viver o "presente", há 3 dias de meu aniversário, descobri que viver o presente é confiar em Deus (Tks potinho lilás!).
E, que falar besteiras é bom rindo e coisas sérias também (Obrigada meu amor - risos).
Aprendi com a "potinho desaparecida pink" que amar é respeitar o limite do outro, só interferindo no essencial, para salvar a vida do outro. (literalmente!!)

Eu falo que aprendo com meus potinhos! (risos!)
Amo vocês!!

Laços e punhais

Lya Luft - Pensar é transgredir (2004.p.7-8)


Certa vez errei uma tecla do computador, e em lugar de “perdas” saiu “peras”.

Eu ia corrigir mas li de novo, achei muito mais bonito e deixei assim. Ninguém reclamou, nem os revisores.

Quem sabe um dos que estudam minha obra, preparando com a maior gravidade sua dissertação ou tese, pare, pense, morda a ponta da caneta ou fique olhando o computador, perplexo. Para depois discorrer filosoficamente sobre aquelas frutas perdidas num texto que nada tinha a ver com elas.

Dessa maneira acontecem mal-entendidos: amizades se perturbam, amores se rompem, pessoas se desencontram e magoam.

– Mas você tinha dito peras!

– Não, eu falei perdas.

– Peras...

– Perdas...

Perdeu-se nesse logo inconsistente um pedaço de vida, um brilho de entendimento se apagou.

– Eu ia dizer que você me faz “muita falta”, mas você entendeu “Você está em falta”... comigo, com a vida, consigo mesmo.

E passamos meia hora evitando nos olhar de frente, nesses momentos o universo esteve em desconserto, e nós desconcertados.

domingo, 19 de outubro de 2008

Semanais

Olá,

Hoje é domingo! Dia de descansar, de ir louvar ao Senhor, de passar tempo com a família, com o amado.
Hoje é dia de estar perto... mesmo estando longe.
De abraçar, mesmo que seja virtualmente.
De partilhar casualidades e futilidades naturalmente, do jeitinho que fazemos desde sempre... (risos) e até de falar de coisas sérias rindo!

Nunca atravessei 600 km de modo tão rápido, mas queria poder ser um Jetson, para que tudo fosse mais eficaz... Alguém pode criar um teletransporte? Os da Garcia e da Gol não estão tão eficazes...

Menininho da minha vida: Te amo! "Miles away................."

Homenagem de Hoje: Milton Nascimento (Esta canção na voz de Elis Regina é perfeita!!!!)

Travessia
Milton Nascimento
Composição: Milton Nascimento / Fernando Brant

Quando você foi embora fez-se noite em meu viver
Forte eu sou mas não tem jeito, hoje eu tenho que chorar
Minha casa não é minha, e nem é meu este lugar
Estou só e não resisto, muito tenho prá falar
Solto a voz nas estradas, já não quero parar
Meu caminho é de pedras, como posso sonhar
Sonho feito de brisa, vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar

Vou seguindo pela vida me esquecendo de você
Eu não quero mais a morte, tenho muito que viver
Vou querer amar de novo e se não der não vou sofrer
Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver
Solto a voz nas estradas, já não quero parar
Meu caminho é de pedras, como posso sonhar
Sonho feito de brisa, vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar

sábado, 18 de outubro de 2008

Criança, eu?!

Ontem não teve MSN, não teve Orkut, não falei com ninguém depois da aula!! Fiquei jogando video-game!!! Dá pra acreditar? Dá né... (risos)
E pior é que nem sei o nome do jogo, sei que eu tinha que vender frutas pra consertar minha casa e construir, pensando em casar com a filha do dono do bar... jogo complexo!!! (risos)

E para homenagear, nada melhor do que o clássico de Carlos Drummond de Andrade:

Cortar o tempo

Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente

E respondendo a uma questão de "uma" potinho linda!! (lilás) ^^ Vou aproveitar que revirei meus livros de Drummond e utilizar uma frase dele para responder sua questão! (risos)

"Se procurar bem você acaba encontrando.
Não a explicação (duvidosa) da vida,
Mas a poesia (inexplicável) da vida."

Eu sei que você ficará mais inquiridora ainda, me desculpe (risos), estou conversando com Papai a respeito, "te gusto mucho" flower! ^^

Pausa p/ lanchinho noturno (risos)!

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Papai!! Parabens!!! ^^

Parabéns papai!! Mais um ano de vida! "Até aqui o Senhor tem te ajudado!" Glória a Deus por mais um aninho!
Aprontamos com o senhor hoje né! (risos) E ele achando que estavamos com o espírito de cleanner à toa (risos).
Agora moçada, registro efetuado! Vou ao churrasco!! Cantar parabens com a carne!
(risos)

"Pausa pro churras! Yahuu!"
E como diz o Derley: Ponto!

Conto do Imperador?

Essa do príncipe Phillip foi interessante, deixou a empresa Google numa situação complicada!

Acabei de ler que em visita a sede do site em Londres, o nobre, conhecido pelas muitas gafes (como diria minha professora, seria cumprir o princípio da função social cortar a língua de uns e outros, a dele não creio que seja necessário, quem sabe a turma do Google não resolve trabalhar um pouco mais?) soltou a seguinte, conforme o site AFP:

Príncipe Philip deixa o Google em apuros

LONDRES (AFP) — O marido da rainha de Elizabeth II da Inglaterra, o príncipe Philip, deixou em situação delicada a direção do Google durante uma visita do casal real à sede londrina da empresa, informa o jornal Times.

O príncipe, de 87 anos, foi recebido na sede da gigante da internet ao lado da soberana para uma visita durante a qual foram apresentados aos serviços da ferramenta de buscas, entre elas o aplicativo Google Earth.

A direção do Google usou como exemplo o palácio de Buckingham para mostrar com que precisão era possível ver os detalhes do edifício, as ruas ao redor e até mesmo os veículos.

O príncipe Philip, que não perde uma chance de fazer perguntas, indagou se era possível ver no monitor a área luxuosa relativamente nova em que se encontravam, na sede do Google.

Depois de alguns cliques no mouse, a tela mostrou a área ao redor de Belgrave House, onde fica a sede do Google, mas ... nenhum sinal do edifício.

Apareciam as ruas ao redor, mas no local da sede da empresa se via apenas um terreno baldio.

"É porque a foto foi feita em uma época onde aqui havia apenas um terreno", explicou o presidente do Google para a Europa, Oriente Médio e África, Nikesh Arora.

O príncipe Philip, duque de Edimburgo, é famoso pelas gafes e comentários não muito politicamente corretos.

Durante a visita ao Google se dirigiu a um funcionário que usava uma calça casual, um casaco com capuz e tênis esportivos, como vários colegas, e perguntou: "Voltando do jogging?".

Os comentários do príncipe já colocaram seu séquito em situações mais embaraçosas.

Como quando durante uma visita a Austrália em 2002 perguntou a um grupo de aborígenes: "Então, vocês continuam atirando lanças?".

Em 1986, durante uma visita oficial a China, disse a estudantes britânicos que faziam um estágio para não permanecerem por muito tempo, pois ficariam "com os olhos puxados".

*******

É, depois dessa, a única frase que me restou foi: "Entre o Brasil e a Inglaterra há uma coisa em comum: Governantes linguarudos." - E uma pausa para o café! Voltamos em breve com mais notícias!

Fonte: http://afp.google.com/article/ALeqM5jgD1hEvOY0HlVvUOrpG2_wpkiMwg


quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Potinhos - Parte II

E, atendendo aos milhares de pedidos (3) hehehehehe. Vamos contar mais um pouco sobre meus queridos potinhos.

É inevitável que os potes: Vermelho, Pink, Rosa e Lilás fiquem sempre em destaque... são os potinhos Pop pop (risos). Mas, isso não significa que não haja outros potes que eu ame, e que dêem às vezes muito mais trabalho ainda.

Tem um pote, na verdade pode ser uma cumbuca... uma bacia.. (risos!!) num tom assim, roxo, com detalhes em amarelo (risos), esse pote posso falar quem é, pois está aqui ao lado, rindo comigo e me batendo (por causa da bacia! rs) que é a minha irmã, linda!! ^^
Que me atura, que aguenta as minhas TPM's, minhas crises, meu stress etc etc, que eu amo, que oro por ela, que desejo sempre o melhor. Afinal, é a minha irmã!! é a melhor!! ^^ (claro né.. irmã de quem?! risos)
[comentário da minha irmã: PQ EU SOU O ÚNICO POTE COLORIDO? PAREÇO UMA BACIA DE CARNAVAL!]

Hum, tem o outro pote de tom laranja... esse pote é lindo, essa pote né! Ela nem me conhece pessoalmente, deu uma trabalheira danada, foi um preço alto de oração! Mas, valeu cada lágrima, cada luta, cada conselho, cada risada, cada ato de cumplicidade. É uma história única!! ...como diz a Gabi: "Não tem história igual, talvez parecida. Mas, nem aquilo que é parecido é igual..." (E estes desencontros todos heim pote laranja?)

Tem mais um potinho que preciso colocar aqui. (é o ultimo de hoje ok)
Pote amarelinho. Amarelinho, pois esta pote tem um sapato e uma bolsa amarelos, sabe aquele amarelo que quase brilha no escuro? Pois é, (risos) todo santo dia converso com ela, sempre dócil, de vez em quando com TPM... enfim.. um potinho abençoado!! ^^

Tá, eu disse, que era o ultimo, mas não é, tem uma pote que até agora eu não consegui uma corzinha pra ela, pois eu sei que ela ama rosa, mas rosa já sabe né....(risos)... pink também está ocupado.. queria uma cor pra este pote... quem será que vai me ajudar nesta empreitada? (Não! Não preciso do Chapolim Colorado!¬¬) A Gabi disse que ela tem cara de pote xadrez, sinto que esta mistura será repelida... (risos).. Rosa com Preto em xadrez? Não!!!! Nunca! fica parecendo uma toalha de mesa e não um pote....
Posso considerar temporariamente a possibilidade de ser um pote cujo corpo seja rosa, a tampa preta e alguns detalhes também em preto, não mais que isso e nem em xadrez! (risos)
Ok! Não se fala mais nisso!
Ela é uma fofa, um presente de Deus, que me chama de Peste e de Bete. Só ela me chama assim, não importa se é por msn, com fake, sem fake, ela se entrega quando fala: Ô Peste! Escuta aqui!!! (risos)
Uma irmãzinha! E nisto eu e a Gabi concordamos! E está pactuado! (Lembre-se da Pacta sunt servanda heim, o que é pactuado faz lei entre as partes!)

Vamos ao nosso intervalo comercial!
Até a próxima, neste mesmo canal e TALVEZ neste mesmo horário!

São muitas emoções!!


Hoje foram muitas emoções.
Ontem aniversário da Fabíola, que acaba de saber que será mamãe... e ... hoje é aniversário da minha priminha Tereza (foto)!! EEEEEEEEEEEEEBA!! (Quero bolo heim!)
Ela é um doce de pessoa!! Que eu gosto muuuuuuito!!
E, apesar de eu não estar na cidade dela.. de não estarmos perto... e de nem sequer eu poder dar um abraço, posso dizer "Parabéns pra você! Nesta data querida!! Muitas Felicidadeeeeesss! Muitos anos de vida!!!"
Que Deus te abençoe muito! E esta é a maneira que eu achei de te presentear lindinha!! ^^
Beijos - Ya Tebya Liubliu

*** Este blog está movimentado hoje!!

O maior presente!!!!


Que alegria mais linda!!!!!
Parabens minha irmã!! Serei tia de um lindo bebê!! Fiquei sabendo agora !! hehehe
Eduardo e Fabíola Sosso, sem palavras para descrever a gratidão e o louvor a Deus!!
Um sonho! Um presente! Um anseio! Uma resposta de oração!!!! Aleluia!!!
Será um baby lindo tenho certeza, e eu serei uma tia babona!! hehehehe
Um (a) amiguinho (a) pro Pietro hehehehehehehheehhehehe
Vou ensinar a falar Biu e a falar "Papai do Céu te ama!!"
heheeheheheeheheheehehehehe

Glória a Deus por um presente deste porte !! Quero colocar uma foto da sua barriguinha aqui, logo logo hehehehhehe
Te amo minha irmã!!

*** YAHUUUU heehehehehe mais um bebê na famíliaaaaa !! (na família de Deus!! e na minha, pois é fato, a Fafá é como uma irmã pra mim!! )

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Ao meu amor...

Para viver um grande amor


Para viver um grande amor, preciso é muita concentração e muito siso, muita seriedade e pouco riso - para viver um grande amor.
Para viver um grande amor, mister é ser um homem de uma só mulher; pois ser de muitas, poxa! é de colher... - não tem nenhum valor.
Para viver um grande amor, primeiro é preciso sagrar-se cavalheiro e ser de sua dama por inteiro - seja lá como for. Há que fazer do corpo uma morada onde clausure-se a mulher amada e postar-se de fora com uma espada - para viver um grande amor.
Para viver um grande amor, vos digo, é preciso atenção como o "velho amigo", que porque é só vos quer sempre consigo para iludir o grande amor. É preciso muitíssimo cuidado com quem quer que não esteja apaixonado, pois quem não está, está sempre preparado pra chatear o grande amor.
Para viver um grande amor, na realidade, há que compenetrar-se da verdade de que não existe amor sem fieldade - para viver um grande amor. Pois quem trai seu amor por vanidade é um desconhecedor da liberdade, dessa imensa, indizível liberdade que traz um só amor.
Para viver um grande amor, il faut além de fiel, ser bem conhecedor de arte culinária e de judô - para viver um grande amor.
Para viver um grande amor perfeito, não basta ser apenas bom sujeito; é preciso também ter muito peito - peito de remador. É preciso olhar sempre a bem-amada como a sua primeira namorada e sua viúva também, amortalhada no seu finado amor.
É muito necessário ter em vista um crédito de rosas no florista - muito mais, muito mais que na modista! - para aprazer ao grande amor. Pois do que o grande amor quer saber mesmo, é de amor, é de amor, de amor a esmo; depois, um tutuzinho com torresmo conta ponto a favor...
Conta ponto saber fazer coisinhas: ovos mexidos, camarões, sopinhas, molhos, strogonoffs - comidinhas para depois do amor. E o que há de melhor que ir pra cozinha e preparar com amor uma galinha com uma rica, e gostosa, farofinha, para o seu grande amor?
Para viver um grande amor é muito, muito importante viver sempre junto e até ser, se possível, um só defunto - pra não morrer de dor. É preciso um cuidado permanente não só com o corpo mas também com a mente, pois qualquer "baixo" seu, a amada sente - e esfria um pouco o amor. Há que ser bem cortês sem cortesia; doce e conciliador sem covardia; saber ganhar dinheiro com poesia - para viver um grande amor.
É preciso saber tomar uísque (com o mau bebedor nunca se arrisque!) e ser impermeável ao diz-que-diz-que - que não quer nada com o amor.
Mas tudo isso não adianta nada, se nesta selva escura e desvairada não se souber achar a bem-amada - para viver um grande amor.




in Para viver um grande amor (crônicas e poemas)
in Poesia completa e prosa: "Para viver um grande amor"


*** Pois, te amo tanto e sempre e com direito à sofrer a distância de não te ter por perto sempre que eu quiser. Sejas sábio com acessos de loucura, sejas louco com acessos de sobriedade, amo-te na mesma intensidade. Desejo-te mais e tanto, pois me é tão caro como meus próprios tesouros ocultos. A via Láctea te escondes de mim, mas não será por tanto tempo, pois viveremos nosso grande amor. Mil beijos.***
Potinhos.

Potinhos, para você, talvez não passem disto: Potes.
Talvez não seja nada de mais. Não sejam mais que utensílios domésticos, coisas que você use, lave e guarde para uma próxima oportunidade.
Ou, talvez, potes tenham alguma outra serventia, guardar coisas, recordações, boas lembranças, talvez um determinado pote te lembre das compotas que a sua avó fazia, quando você era muito, mas muito pequenino.
Ok, posso ir mais longe: Talvez potes te lembrem que você está com muita fome, mas, que a preguiça de ir até a cozinha fazer alguma coisa é maior, então te dê aquela fome, misturada com preguiça e você queira ir dormir.. é, seria uma boa opção, se não fosse tão trágico. (risos)

Potinhos pra mim são diferentes, eles tem cores, tem vibração, ouço inclusive seus tons vocais, potinhos são especiais.
Cada dia descubro que um potinho é diferente do outro potinho, que cada um tem uma marquinha aqui, outra alí, que cada um precisa de um acerto aqui e alí, uma limpezinha acolá, um brilho na tampa... alguma coisa especial que lhes garanta maior valor e apreço de minha parte.

Sinto suas dores, sinto as batidas dos corações de cada potinho.
E agora, é provável que você pense: Que loucura é essa? Qual é a razão de um pote valer tanto???

Para mim, potes são como pessoas, cada uma com seu valor, é uma forma de se referir aos queridos da sua vida como aqueles que você quer ter por perto, em potinhos nas estantes do coração. Aprendi isso com uma grande amiga. Ela é o meu potinho numa coloração entre vermelho e rosa. (risos)

Ela não pode ser o pote vermelho, pois entramos num consenso: O pote vermelho é de uma pessoa muito especial que tem sangue nobre - e que AMA vermelho, seria injustiça não lhe conceder a honra de ser marcada em nossas vidas com a cor que ela mais gosta, não é mesmo? - sangue nobre, realeza à mostra, e beleza inigualável, dado que seu caráter é admirável.

Nem pote rosa, pois o pote rosa pertence a uma outra pessoinha, pessoinha pois nem é tão alta assim (risos) e é um doce de criatura, este é um potinho que me surpreende dia-a-dia e que estou descobrindo como lustrar, pois merece sempre um plus. (risos).

Na semana que antecedeu ao dia 29 de setembro deste ano, conheci um potinho lindo!! na verdade uma potinho (risos), consideramo-la um potinho lilás, combina com ela, viva, companheira, aberta, um docinho!! Nem sei se ela sabe que faz parte dos potinhos, muito provavelmente não saiba.

O Potinho que fica entre vermelho e rosa, pode ser um pote pink ok?! rs
Eu entendo que seja pink! rs
É um pote que me ensina muita coisa, que eu tenho vontade de bater algumas vezes, um pote que dá um trabalhão, mas que eu amo muito.

Estes são meus potinhos... ^^
Assim que der, apresento outras cores de potes rsrs
Até mais moçada!!