quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Vésperas

As vésperas sempre são contagiantes, a sensação inebriante de alegria, amor, de renovação no ar, sempre é maravilhoso.Ontem foi um dia em que no mínimo a conversa com o pote pink me deu um certo vigor, porque me senti não presa, mas livre pra ir pra onde eu quiser.E fazer as loucuras que me derem vontade. Adoro uma traquinagem!!!Comentei com ela que estava às voltas com uns planos, no aguardo de que por certo ela ralharia, brigaria, repreenderia, mas, ela começou a rir e falou "Amei a idéia". Aí, agora estou cá a pensar: Será que estou doida? Será que esse impulso tem algum fundamento?Será que estou a ficar cega ou surda?Fato é que eu conheço o Guia e Ele jamais me deixará vacilar, e me dormirá e me deixará cair no abismo.Ele disse que estaria comigo, que eu caminharia dentro do Seu Carro, no Carro que leva o Seu Nome.Quando pensei entrar num caminho sem retorno, Ele disse que o Caminho estava Consigo, em Seu Carro. Em Sua Estrada, nas curvas que Ele delimitou.Cada mais me apaixono por Ele!
Como é bom poder estar em Suas Mãos.Às vésperas da data que o mundo escolheu pra festejar ao Senhor de Toda Vida, me deparo com uma paixão incontida, um desejo avassalador de abraçá-Lo, de beijar-Lhe os Pés, de deitar em Seu Colo.Sim, e ficar como a criança que sonha...
"Eu sou do Meu Amado, e Ele é Meu" (Cantares...)