domingo, 31 de julho de 2011

Há tempo para todas as coisas debaixo do Céu.

bum

Às vezes é inevitável prosseguir só.

Uma cena do Filme Star Trek – “Um novo começo” me fez refletir. Logo no início, na tentativa de “ajudar” o país Volcano, sem saber que na verdade alí o ocorrido era uma emboscada, descem três tripulantes da S.S. Enterprise para abortar a tentativa de destruição do referido país. Pouco antes de sua explosão. Ocorre que: Durante a descida, um deles (Olsen) se empolga e desce eufórico e esquece de abrir o páraquedas. E quando o faz é tarde, acaba por ser engolfado pelas chamas da plataforma de perfuração.

star1

Os outros não tem tempo de puxá-lo e apesar de gritar por Olsen, ele não os ouve.

Aqui gostaria de ressaltar dois aspectos importantes da caminhada em equipe:

1 – Ouça seus líderes.

Nesta descida, além do Engenheiro Olsen, temos o 1º Oficial Jim Kirk, que, da lógica hierárquica é o segundo depois do Capitão. Logo, Kirk é líder de Olsen.

Pouco antes da morte de Olsen, Kirk grita por ele “Olsen, Olsen, abra o páraquedas!!”

Ao que Olsen só fala “2000 metros… 1500 metros… 1000 metros…” e, há um impacto com a plataforma e a sequente morte do referido engenheiro.

Olsen ignorou Kirk pelo sabor da adrenalina, pelo prazer da descida.

Nem sempre a adrenalina é saudável, na maior parte dos casos, se vier em uma atitude de rebeldia, o final é desastroso.

2 – Queda livre, morte certa.

Já percebeu que toda vez em que optamos pela “queda livre” nós realmente nos emboscamos?

_ Mãe, eu sei o que estou fazendo, confie em mim.

Essa frase é típica. Toda vez que eu disse isso, voltei pra casa sem graça, ridiculamente aborrecida, eu não detenho a verdade das coisas e ignorar a voz da experiência me levou à queda livre, com o nariz no chão!

_ Mas, você me acha incapaz?

Não, eu não te acho incapaz, só acho que é preciso que você seja um pouco mais paciente, que analise os prós e contras, que ouça os seus líderes, seus pais, seus avós.

Quer se enfiar de cabeça, pondere. Sobretudo, seja sincero com você, com seus sentimentos. A bíblia fala que há sabedoria na multidão de conselheiros. Converse com aqueles que você considera sábios, pessoas mais experientes, compartilhe. Depois disso, se eles te aconselharem a prosseguir, vá. Caso contrário, espere um pouco mais.

Existe um tempo para todas as coisas. O tempo de Kirk foi o de prosseguir sozinho. Com a perda de seu amigo, o inteligente, porém desventurado Olsen.

Todavia, algumas separações tem retomadas posteriores. Kirk precisou se separar de Spock, foi necessário, mas eles se uniram depois. Você conhece a história? Não vou contar o filme todo. Assista. Vale a pena.

E vou deixar algumas frases de meu amigo Yoda, dos Star Wars (é outra série ok, não confundam!!)

“Tamanho nada significa. Olhe para mim. Pelo meu tamanho você me julga?” (Não veja as aparências)

“Treine a si mesmo a deixar partir tudo que teme perder” (Gratuidade)

“Controle, controle, você precisa aprender a se controlar” (Tenha autodomínio)

“Luke: Estou procurando um grande guerreiro. : A Guerra não faz ninguém grande” (Seja um pacificador)

“Se tão poderoso você é, porque fugir?” (Coragem!!)

“A morte é parte natural da Vida. Regozige-se por aqueles que se uniram com a Força. Não Lamente por eles. Não sinta falta deles. O apego leva á inveja. A sombra da cobiça, isso sim” (Mais uma para Gratuidade…desapego…dá-lhe mestre verde)

“O medo é o caminho para o lado negro. O medo leva a raiva, a raiva leva ao ódio, o ódio leva ao sofrimento”

Saudações,

Amanda

Putz!

Não sei o que é pior, se sou eu pensar que escrevi errado, ou se é o dicionário me dizer que estou certa!!!

Língua portuguesa: Eu te amo e não te deixo!!!!

lesa

Troféu!

com X

Essa foi pra acabar…

sábado, 30 de julho de 2011

Pela Paz!

PIC2CE.tmp

_…

_ AHÃ!

_ Desta humilde cadeirinha faço um apelo emocionado pela paz mundial!!

_ Bem… parece que hoje em dia o Vaticano, a ONU e a minha cadeirinha tem o mesmo poder de persuasão.

Para Anaí e Gabriella, minhas Mafaldinhas!

E aí?

“Quando as pessoas começam a ir além da caridade em direção à justiça e solidariedade com o pobre e oprimido, como Jesus fez, elas encontram problemas. Uma vez que nos tornamos amigos de verdade de pessoas oprimidas, começamos a perguntar porque as pessoas são pobres, algo que não é tão popular como doar para caridade. Um de meus amigos tem uma camiseta com as palavras do finado bispo católico Dom Helder Camara: 'Quando eu alimentei os famintos, eles me chamaram de santo. Quando eu perguntei porque as pessoas estavam passando fome, eles me chamaram de comunista.' Fazer caridade conquista aplausos e medalhas, mas unir-se aos pobres faz você ser morto. Pessoas não são crucificadas por fazer caridade. Pessoas são crucificadas por viver um amor que rompe com a ordem social, invocando um novo mundo. Pessoas não são crucificadas por ajudar os pobres. Pessoas são crucificadas por se unir a eles."
Shane Claiborne, The Irresistible Revolution.

Lí no blog da Memetricota

Lembrei da minha mãe falando “Amanda, do jeito que você é doida, não se mete em política, vai acabar morta…” e a minha cara inocente “não mãe, fica tranquila.. me chamaram pra entrar no PV”.

_E você vai entrar?

_ Não…

_ Ufa!

_ Vou pro convento…

_ Como ???

_ … bom…

_ Podem mandar você pra China lá?

_ Talvez…

_ Pelo amor de Deus, tudo menos a China.

_ Mãe, qual é o seu medo? Que eu entre na Política ou no convento?

_ Que você morra, menina doida que tem mania de bancar o Robin Hood…

_ Credo!

_ Credo nada, e vá já limpar o seu quarto, senão vou mandar você pro exército.

_ Depois diz que tem medo que eu morra… vai entender…

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Curioso, verdadeiro.

Quando lí esse post não pensei duas vezes, preciso partilhar! E, por quê?!
Bem, fato é que quando nós nos deparamos com aquelas coisas incômodas dentro de nós, os nossos próprios fariseus, nossa mania boba de pensarmos que somos melhores, nós não somos. Pensar que estamos em melhores condições, mais santos. Não, nós não estamos.

Engraçado, acho que a questão da culpa e de como lidar com ela está também nesse invasor que vive em nós a quem carinhosamente vou chamar de Fariseu.

O fariseu que mora em mim. Eu não quero matá-lo, não quero brigar com ele, quero convidá-lo para tomar um chá e questionar algumas coisas, exemplo:
_ Fariseu, por quê você age assim? A quem você quer enganar?
_ Fariseu, por quê você humilha seu irmão com as palavras? Por acaso, se você fosse ele, gostaria de ouvir suas próprias linhas?
_ Fariseu, você gosta de bradar nas praças o quão bom você é, por quê? Deus não precisa da sua bondade...
_ Fariseu, você diz que ama a Deus, mas, que tipo de amor é esse? Como você lida com o seu próximo?
_ Fariseu, meu amigo, você não passa de uma criança que quer ser aceita... mas o Senhor te aceita como você é, porque Ele te fez assim. Não é lindo?!!
_ Fariseu, você não é um fariseu, no fundo você é tão lindo e tão perfeito, por ser exatamente imperfeito que não há como esconder: Jesus se entregou também por você.
_ Meu amigo, não fuja, olhe pra si mesmo, consegue suportar esse amor? Eu não. Venha cá, me dê um abraço!
No fim, eu e meu amigo fariseu somos UM. Graças ao Amor de Deus.

P.S. Pra ver o post original, clique no link abaixo.

Saudações, Amanda


1a. Igreja de Springfield: Wi-fi grátis durante o sermão

Adoro sarcasmo! Principalmente quando ele é muito bem aplicado e, de um modo muito poderoso, produz frutos. Como é o caso de "The Simpsons". Assim que vi esta cena, não resisti: corri atrás de uma câmera fotográfica e tirei foto da minha TV, completamente choroso das lágrimas de gargalhada (pela epifania causada por lembrar-me de um grande amigo meu... A igreja ideal...).

A foto, contudo, não me trouxe só risadas. E vi a realidade impregnada naquela imagem. Quantos outdoors existem, não com a mesma mensagem, mas com o mesmo conteúdo. Se é que, na maioria das igrejas de hoje em dia, a única coisa boa que é produzido lá, realmente, é Wi-fi grátis... e com ultra-velocidade, pra atrair mais fiéis.


Assim como Rute constatou, não havia mais pão na casa do pão (Rt 1:1-6, 22). A razão pela qual a família de Noemi deixou Belém (que significa "Casa do Pão") para ir aos campos de Moabe é a procura pelo pão, pois Noemi tinha ouvido que Deus tinha visitado aquele lugar, dando-lhes pão.


É essa fome que move as pessoas... É esse grande vazio (descrito em O grande vazio do homem) dentro de cada ser humano que precisa ser preenchido pelo verdadeiro "Pão da Vida". Não vemos isso mais na grande maioria das igrejas. Ao invés disso, mantém suas ovelhas como porcos, com bolotas de restos de comida, famintas por algo além do Wi-fi gratuito...
João 6:48-51 “Eu sou o pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto e morreram. Este é o pão que desce do céu, para que todo o que dele comer não pereça. Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém dele comer, viverá eternamente; e o pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne”
NEle, em quem me encontro faminto, cansado de navegar nessa internet gratuita,

Diego

A canção de Oséias.


Estava refletindo sobre a Esposa de Oséias, o profeta Oséias. Pra quem não conhece bem a história, ela era uma prostituta e sabe lá quantas foram as vezes que o profeta permaneceu trazendo a esposa pra dentro de casa. Depois de tantas traições, tantas infelicidades.
Esta canção dos Los Hermanos me levou pra dentro da cena da vida de Oséias, o profeta todo amor...



Abre essa porta
Que direito você tem de me privar?
Desse castelo que eu construí
Pra te guardar de todo mal
Desse universo que eu desenhei
Pra nós, pra nós


Abre essa porta
Não se faz de morta
Diz o que é que foi
Já que eu larguei tudo pra ti
Já que eu cerquei tudo ao redor
Abre essa porta, vai, por favor,
Que eu sou teu homem, viu?
Que eu sou teu homem, viu?

Cala essa boca, que isso é coisa pouca
Perto do que passei
Eu que lavei os teus lençóis
Sujos de tantas outras paixões
E ignorei as outras muitas, muitas


Vai, depois liga
Diz pra sua irmã passar
Que eu vou mandar
Tudo que é seu, que tem aqui
Tudo que eu não quero guardar
Que é pra esquecer de uma só vez
Que este castelo só me prendeu, viu?
Mas o universo hoje se expandiu
E aqui de dentro a porta se abriu.

(Composição: Marcelo Camelo)



E Oséias mandava a esposa embora, brigava, e Deus falava com ele, e lá ia Oséias "volta pra cá mulher!" (risos)


Lógico que, contextualização exagerada à parte, com os devidos cuidados, tudo isso serviu pra me mostrar que às vezes eu sou o Oséias, às vezes a esposa dele, às vezes seus filhos. Um tempo atual, um contexto de bagunça moral, a crise da identidade, crise dos paradigmas, crises... A única coisa que importa agora é mergulhar no amor de Deus...



O único amor inconfundível, indelével, imprescritível, inalienável. Ele ama cada um de modo particular. E trás todos nós, "sujos de tantas outras paixões" e nos limpa, dia após dia.


É possível se eximir de tudo isso?



Reflita.




Saudações, APS

terça-feira, 26 de julho de 2011

Esposa de Oséias...

Tradução livre da música de Brooke Fraser. Achei interessante.



Reflita a respeito. Para quê você vive? Para quem? O que você quer? Onde quer ir? Para quê?

Disposto a atravessar paredes? Disposto a atravessar oceanos?

Disposto a ir?


Estou disposta a ir! To the Ends of the Earth.


A Esposa de Oséias
Apenas não respondi à procuradora do meu lado
Ela tinha um coração hesitante e linguagem pausada
Virou-se para mim e perguntou agressivamente
"Para quê eu vivo?"

Eu vejo cicatrizes de buscas em todo lugar que vou
De corações a guerras, a literatura, ao rádio
Há uma pergunta, como uma vergonha, que ninguém mostra
"Para quê eu vivo?"


Nós somos a esposa de Oséias
Nós estamos desperdiçando essa vida
Usando pessoas como escadas e palavras como punhais

Se temos olhos para ver
Se temos ouvidos para ouvir
Para descobrir em nossos corações e bocas
A palavra que salva está próxima
Livre-se dessa pele superficial
Venha voltar a viver
Deixe tudo o que você era antes
Acreditar é começar

Há verdades nas pequenas esquinas de nossas vidas
Há dicas em músicas e nos olhos de uma criança
É familiar, como um canção antiga
Para quê eu vivo?

Nós somos a esposa de Oséias
Nós estamos desperdiçando essa vida
Usando corpos como dinheiro e verdades como mentiras

Nós somos mais que poeira
Isso significa algo
Isso significa algo
Nós somos mais que apenas
Sangue e emoções
Idéias e noções
Átomos nos oceanos

quarta-feira, 13 de julho de 2011

É simples assim...





6h41 AM – Aquela música tocava dentro de mim “Seus pés me abrem o caminho, eu sigo e nunca me sinto só”. E me perguntava, quantas pessoas se sentem sós porque ninguém lhes falou destas pegadas, ou, quantas pessoas ouvem essa mesma voz que eu... cantando de um jeito diferente. Liberdade!


Liberdade não é libertinagem, nem é se eximir das responsabilidades, nem fuga, mas é a capacidade de se olhar de frente, com todos os defeitos e com todas as qualidades, sem querer matar ou morrer, mas com coerência e continuar caminhando, sabendo de uma coisa profunda e verdadeira: O amor de Deus e sua onisciência caminham para além das suas concepções de dor e de culpa, ainda posso ir mais longe pra citar a frase que ouvi no rádio outro dia, mas não sei nem de quem é “Deus investe em você hoje conhecendo o seu passado e o seu futuro. E o amor Dele não depende das suas ações.”


Aí eu fico pasma,
_Deus, eu quero muito te seguir mais de perto, quero muito espalhar a sua boa nova, quero que mais pessoas se encantem com a Sua Vida. Enquanto eu vejo as Suas Pegadas, meu Pai, o caminho vai se abrindo e eu me encanto e me enamoro e... Puxa Papai! Abba!!! Meu desejo é colocar meus pés com os seus, entregar minhas mãos pequenas e incapazes às Suas e ir CONTIGO, onde me quiser levar... para fazer o que quiser... nem que seja apenas caminhar... e esperar...


Amiga, vem, viva isso, se entregue a este amor e o Siga mais de perto, radicalmente. Se deixe consagrar e viva a liberdade do Alto.


Saudações,


Naquele que um dia me chamou pra dançar valsa, e em quem continuo no ritmo da vida,


Amanda

terça-feira, 12 de julho de 2011

Porto seguro

Troquei o meu mundo por Ti, Senhor!
Estou aqui!...
Meu porto seguro é aqui, Senhor,
em Ti quero me consumir!

Sonhei, porque os que vivem sonham sim,
ó meu Senhor!
Chorei, porque os que choram sempre amam,
mas foi por Ti!

Ah! Minha vocação é o amor,
pois me mostraste que a medida do amor é a cruz!
Ah! Como posso voltar,
se o que faltou na Tua dor em mim podes completar?!
Só o amor pode completar!

Ah! Minha vocação é o amor!...
Ah! Como posso voltar?!...

(Comunidade Nova Aliança)

Oração da Madrugada.

Deus
Nós te louvammos
por esse dia
e pelo seu amor q nao nos deixa
em momento algum
obrigada porque te conhecemos
e pelas tuas misericordias se renovam sobre nós todas as manhãs
obrigada pelas nossas familias
e pela nossa amizade
pedimos que os Senhor continue nos ensinando e nos firmando nos seus caminhos
pedimos que o Senhor continue nos guardando de todo mal
nos ensinando a amar o Senhor e o nosso proximo
que Sua palavra seja luz pra os nossos pés todos os dias
guarda as pessoas que amamos
sustenta os seus servos ao redor do mundo
e Deus, ouve os nossos clamores mais intimos
precisamos do Senhor pra que nossos sonhos e necessidades sejam supridas
Oh Deus por fim
nos ensina a descansar e a esperar em Ti
tira toda a ansiedade e faz-nos
viver o presente
com alegria
em nome de Jesus
nos te agradecemos desde ja
por tudo
amamos o Senhor
amém

Nathália Mendonça

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Minha Juventude…

quero dar-te minha juventude

Todo jovem é igual, rs, e eu não fujo à regra. A juventude é minha e dedico ela ao que eu quiser… então: Eu entrego a Ti Deus!!!

Caminho para águas mais profundas, afinal, como diriam os Titãs: O caminho se faz caminhando!

Já parou pra pensar o que você tá fazendo da sua juventude?

Já pensou na sua vocação?

Você sabe o que é VOCAÇÃO?!

Médico, Advogado, Comerciante, Psicólogo, Mãe, Pai, Filho, Sacerdote… eu to pensando na minha vocação…

E, eu… bem…

Ontem de manhã quando acordei
Olhei a vida e me espantei
Eu tenho mais de 20 anos

E eu tenho mais de mil perguntas sem respostas
Estou ligada num futuro blue

(…)Eu tenho mais de vinte muros
O sangue jorra pelos furos pelas veias de um jornal
(…)

Essa calma que inventei, bem sei
Custou as contas que contei
Eu tenho mais de 20 anos

E eu quero as cores e os colirios
Meus delirios
Estou ligada num futuro blue

(…)

Ontem de manhã quando acordei
Olhei a vida e me espantei
Eu tenho mais de 20 anos

Essa música, sucesso na voz de Elis Regina falou tudo quando eu parei pra pensar na vida, e olha que estava no final do terceiro ano da graduação em Direito, hoje estou no final do quinto ano e ainda to pensando, entretanto

Tenho andado distraído,
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso,
Só que agora é diferente:
Sou tão tranqüilo e tão contente.

Renato Russo conseguiu expressar direitinho o que sobra da reflexão, muitas mil perguntas mais, só que o coração em paz e uma única vontade: Quero dar minha juventude, minha velhice, meu tudo ao Senhor.

Vem e vê! Vem e vive!

Saudações,

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Felicidade chegou e nem sequer se apresentou…

 

Pe. Zezinho SCJ.(LP: HISTÓRIAS QUE EU CONTO E CANTO)

“às vezes (…) no vai e vem do cotidiano é preciso tomar tempo, parar um pouco, e deixar que fale o coração. Alguns falam por cartas, outros em diários e outros ainda em livros e revistas. E dou graças a Deus porque existe gente que não guarda para si apenas a riqueza de sentimentos que o mundo foi trazendo até eles. Eu nunca sonhei ser cantor, nem poeta e nem compositor, quis e tão somente quero ser gente, cristão e padre. Mas, foram os jovens que me disseram que o importante não era um padre Zezinho músico, cantor ou artista, e sim um padre Zezinho que lhes falasse do jeito que eles entendem (…)”

Felicidade chegou,
nem sequer se apresentou
Foi entrando de mansinho
pela fresta que eu deixei,
quando a porta eu fechei
e jurei não mais amar!

Esperança chegou,
nem se quer se apresentou
Foi entrando do mansinho
pela fresta que eu deixei,
no sermão que eu escutei
e lutei pra não chorar!

Jesus Cristo chegou,
nem sequer se_apresentou
Foi entrando de mansinho
pela fresta que eu deixei,
num irmão que eu ajudei
sem querer devolução!

Minha vida mudou,
minha paz eu encontrei
E ela veio de mansinho,
pelas frestas que eu deixei,
o porque me descuidei.
Deus entrou com seu amor!