sábado, 17 de setembro de 2011

Sementinha.

Moçada, vamos lá, comigo, mãozinha pra cima, muita alegria, vamos cantar e dizer: Bom dia! Bom dia! Bom dia!

Bem, peguei a Bíblia hoje cedinho e fui ler o que dizia o Evangelho de hoje. Que está em Lc. 8,4-15 e que trata-se da parábola do semeador e sua devida explicação. (Sugiro que você gaste um tempinho procurando e lendo, vale a pena… inclusive compare traduções diferentes, vai enriquecer sua experiência).

Comecei a pensar sobre a “semente do Reino dos Céus”. O que seria essa semente?

A maior parte dos pregadores usa essa parábola pra falar de evangelismo, missões, já cheguei a ouvir até que se tratava de uma lei pra dízimos (!!! sim, também considero um absurdo, ainda mais num país como o nosso em que a divisão de renda é precária – pra não dizer inexistente – e o ensino público fundamental e médio é uma vergonha), isto, porque falam que a parábola fala sobre a semente frutifica à “cem por um”.

Enfim, comecei a refletir sobre esta semente no nosso coração… uma “nova” interpretação eu pude vislumbrar (o termo “nova” está entre aspas pois que, certamente alguém já teve a mesma interpretação que eu há muitíssimo mais tempo – risos). Enfim..

Se o Reino dos Céus é como uma semente, logo vai se tornar uma plantinha, ou uma árvore, concorda comigo? Pois bem, é a lógica das sementes – se você plantar uma semente, colocar o adubo certo (oração, bíblia, comunhão), cuidar como um bom agricultor (vigiar, se arrepender do pecado, confessar), logo sua semente rompe a terra e começa a crescer. Entretanto, e, isso é muito importante: com o TEMPO e à medida em que DEIXAMOS DEUS TRABALHAR em nosso coração, arar a terra, a sementinha conseguirá romper a terra.

Como esta semente é especial, é uma semente de fruto diferenciado, valorativo, o que será que nascerá? Penso que seu fruto é o que está em Gl. 5,22 em diante. Ou seja, vira um raminho do “fruto do Espírito”, que se desmembra em raminhos de amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão,  autodomínio.

Mas, essa plantinha só vai se tornar uma planta forte e madura, se, e somente se, obedecer aos requisitos do versículo (olha a frase de uma típica formanda em Direito kkkkkk legalista kkkkk), quer dizer, se você deixar-se moldar para ter uma terra boa pra sua semente, ou seja, “o que está em terra boa são os que com CORAÇÃO NOBRE E GENEROSO, CONSERVAM-NA (a semente) e produzem fruto PELA PERSEVERANÇA…”

Então, abre o corezinho aí... deixa Jesus arar a terra, limpar td, tirar os pulgões, os carrapatos, jogar água, por um adubinho básico que a árvore quer crescer!!!!!

Bom final de semana,