terça-feira, 15 de novembro de 2011

Cativa-me

42-15397707

Hoje gostaria de lhe ver!

Não me contentando em apenas ouvir, ler, ver imagens longínquas de maravilhosos passeios, de partilhas, de saudades. Acordei querendo te ver mais perto. Ajudar a lavar a louça, ajudar com o almoço, o jantar, descer a escadaria, contar os barcos, as estrelinhas, deixar pegadas na areia da praia, partilhar o mesmo pão.

Tive vontade de tocar violão, dançar, cantar, contar histórias, me ajoelhar ao seu lado e ouvir também sua prece. Talvez isso seja saudade. Saudade de uma amizade linda que temos construído com os conselhos da pequena Raposa. A mesma raposa que ensinou o princepezinho a cativar. Que gostava de ver o trigo nos campos. Que ensinou valores e princípios de partilha. Que tinha fé no amor. Esta raposinha quem nos ensinou a cativar.

image004

Tu me cativaste. Acho que também te cativei. Agora, quando são duas horas meu coração se inquieta, às duas e meia estou ansiosa, por fim às três da tarde é como se eu soubesse que em algum lugar no Infinito alguém toca o Coração do Mestre junto comigo.

Hoje dormirei feliz. O Céu não tem estrelas pra contar, mas ouço as gotas da chuva bater na janela e me lembro de que em algum lugar no Infinito também ouvirás o som da chuva, se é que já não ouviste antes de mim. E, nos sonhos, eu caminharei pela praia, sorrindo e brincando com a amiga que me ensinou a cativar.

Como é bom ser cativado por alguém.

image006